Of cutting onions and good songs…

Costumava achar que a única coisa que me fazia chorar no youtube, eram aqueles homecoming soldier surprises dos soldados americanos, quando chegam a casa depois de longos meses de ausência nos Iraques deste mundo. Não que concorde com política norte americana em meter o bedelho em todo o conflito que mexe, com segundas intenções, que não concordo, mas consigo separar as águas e ver a emoção dos reencontros, sem que a negatividade latente do que os levou a irem para fora. As famílias às vezes ainda são o que são, e eu, embora provenha de uma disfuncional q.b., consigo sentir na pele, e nos olhos, as emoções dos reencontros das outras famílias.

Este video não me fez chorar. Na verdade quando digo chorar ali no parágrafo de cima, não é bem chorar, é mais aquele nó na garganta seguido de fluidos lacrimais que teimam em toldar-me a visualização do resto do video. Encontrei este por acaso, a procurar a versão original, que posso colocar ali em baixo. A versão acústica consegue provavelmente ser melhor que a original. Isto é o projecto/obra de um jovem inglês chamado Chris Corner, denominado IAMX. É ligeiramente gótico, mas em bom. Podem não gostar do original aqui em baixo, mas o video ali em cima está fixe, não está? Conhecia a cara do velhote do filme infantil Up. Desconheço se as imagens são todas retiradas do filme, que não vi, mas a compilação está muito boa e conta uma pequena história. Fiquei como se tivesse acabado de cortar duas cebolas para o refogado. 

Ressaca

paradesend

A ressacar a demora da quinta temporada de Downton Abbey, dou frequentemente por mim a procurar séries que emulem aquela época. São cenas em que um gajo pensa, o que é que querem? Dá-se o caso de gostar imenso daquela época, ali entre o início do século vinte, a primeira grande guerra, e os loucos anos vinte que se seguiram.

Na verdade nem é bem gostar, é fixação. Em acreditando na transmigração das almas, ter-se-ia aqui pano para mangas, mas não vamos por aí. Não hoje. Falemos de ontem. Ontem estava a fazer zapping na 2 e reparei nesta série. Pareceu-me interessante. Rapidamente foi XBMC/Wareztuga/Séries/Favoritos. Pronto tenho a série para ver. São apenas 6 episódios com a chancela BBC, vai saber a pouco, até porque ontem foram dois episódios de enfiada.

Anda por lá o Benedict Cumberbatch, e a lindíssima Adelaide Clemens, sim a mesma de Rectify, e que eu confundo sempre com a Carey Mulligan. Que ninguém me lixe, elas parecem mesmo ter sido separadas à nascença. Digam o que disserem. O facto de terem quatro anos de diferença e serem de países diferentes é irrelevante. 

Se por acaso também estão a ressacar como eu, ide procurar. Se tiverem aquela história das operadoras de andar para trás nas boxes, também a podem procurar na TV2.