Aqui no meu Gulag toda a gente se dá bem…

É mentira. A aura desta pequena Dinamarca onde me encontro, é tão podre que fede. Toda a gente se dá bem, mas toda a gente faria sem hesitar uma gravata colombiana no parceiro do lado para parecer pro-activo. Puta de palavra. A quem nunca apeteceu colocar cianeto no copo de água de um colega de trabalho, com a mania de andar sempre com a pro-actividade na boca, que atire a 1ª pedra.

E ainda não são 11 horas de 2ª feira. Vai ser uma longa semana.

Nota de rodapé: Obrigaram-me a ver o Beginners este fim de semana. Adormeci uns 2 minutos. Podem chover as críticas. Em abono da verdade gostei da Mélanie Laurent. Era quantas vezes ela quisesse.

8 thoughts on “Aqui no meu Gulag toda a gente se dá bem…

  1. És má.
    Todas essas palavras quando murmuradas 13 vezes em frente a um espelho fazem com que a Bloody Mary apareça para matar toda a gente. Não sabias?

    *brb* Fui ali ter uma conversa com o espelho da casinha…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.