Cast Away

Castaway

Já não me recordo muito bem de como vim aqui parar. Os dias, os meses, os anos passaram. Fodasse. Os ANOS. O tempo fez o trabalho do costume e esqueci-me. Do que vim para cá fazer, por exemplo. As premissas diluíram-se, os projectos foram engavetados, e aquele discurso cliché na entrevista para emprego, o da pergunta: -Onde se vê daqui a cinco anos?-, torna-se agora patético e deslocado.

Não estou sozinho nesta ilha de 6 metros quadrados. Antes estivesse. Na verdade isto é um pequeno arquipélago. São 6 pequenas ilhotas, repletas de personagens secundários daqueles mesmo merdosos, que não interessam nada para a trama deste post.  Debrucemo-nos pois sobre os meus vizinhos de ilha. Prometo ser sucinto. De um lado, uma inapta social. Não ri, não chora, pouco fala, coça o nariz constantemente, e limpa a cera dos ouvidos com um pequeno pedaço de papel que habilmente transforma em cotonete caseira. Isto numa base diária. Tem este toque de telemóvel que toca religiosamente às dezoito horas, a hora a que a mãe lhe telefona para perguntar o que fazer para o jantar. Aprendi cedo a não gastar boas piadas com ela. Uma parede ria mais.

Do outro lado temos o programador. Toda a gente tem um programador. O Neo concordaria comigo num ápice. Este programador é igual aos outros programadores todos que vocês conhecem. É estranho. Julga ter o monitor colocado estrategicamente de forma a ninguém ver os seus tweets, mas topo-lhe praticamente tudo. Inclusivamente a aplicação que instalou ás escondidas no telemóvel da namorada. Liga aquele acesso remoto várias vezes ao dia para ver onde a namorada está, e o que está a fazer. A pobre coitada não faz a menor ideia. Já não bastava ser meio vesga. Haja confiança numa relação assim. Quase me esqueço do meu Ateísmo e começo a rezar pelo dia em que ao ligar aquilo, a primeira imagem a aparecer seja a da namorada agarrada a um qualquer mangalho alheio.

No fundo o segundo e terceiro parágrafos são subterfúgios para a dura realidade do primeiro: estou farto desta merda.

3 thoughts on “Cast Away

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>