Eu tinha jurado

Juro que tinha. Tinha jurado não ir ver este filme se fosse em 3D. Abomino o 3D quase tanto como abomino algumas pessoas. E não é por elas também estarem em três dimensões. Não gosto que é se tenha tornado moda e se ache agora que se um filme que não sai nesse formato não é a mesma coisa. Confesso que para além do Monstro da Lagoa Negra que passou na TV nos anos 80, e gerou um bruá interessante com a corrida desenfreada aos óculos de papel, vi também o Avatar do James Cameron. Reconheço ter sido uma experiência interessante com as borboletas ali à volta e tal, mas apenas e só isso. Eis que descubro agora que O Ridley Scott já havia prometido não voltar a filmar em 2D. Foda-se.

Ressalvo agora que entre muitas e variadas personas, sendo que nenhuma delas possui atestado médico a comprová-lo, sou também um Geek. Um pseudo geek vá. E sou doido pela franchise Alien. Ando desde 1998 à espera que um Alien 5 veja a luz do dia. Quando em 2008 li rumores acerca de um novo projecto do Ridley Scott, tendo como temática este universo, nunca mais descansei. Quando as primeiras informações começaram a leakar e davam como certo não ser um novo Alien, mas apenas tendo o mesmo universo como pano de fundo, pensei, pá, é o Ridley Scott o gajo não se vai perder no meio disto, afinal foi ele que realizou o melhor de todos, o primeiro. E depois descubro que vai ser em 3D. É o desalento. Saio do torpor em que me encontro, arrasto-me para o Mac e a custo tento descobrir um cinema que o possa vir a exibir sem ser a três dimensões. Mas se tiver que ser, lá farei mais um esforço hercúleo para ver um filme neste formato, depois de nos anos oitenta ter conseguido enganar os meus pais para ver o monstro. O da lagoa. E finalmente poderei ver explicada a origem daquele alien space jockey do Giger.

#Modo geek off#

18 thoughts on “Eu tinha jurado

  1. Estou contigo nesta… 3D? Tem de haver algum que dê em 2D, tem de haver…

    Recebi há pouco uma mensagem da Yorn acerca da ante-estreia… ainda ponderei enfiar-me no colombo e juntar-me à horde que vai lutar pelos bilhetes, mas depressa desisti da ideia. Mas esperar para o ver em casa também me parece sacrifício a mais. Talvez esperar por um horário no cinema em que estejam poucas pessoas… ahhhh Prometheus…

  2. Eu gosto de filmes em 3D. Gostei bastante do Avatar. Já ter televisões 3D em casa acho uma parvoíce, sendo que quase não existem conteúdos TV em 3D. Mas a malta dá tudo para ter o último grito em gadgets lá por casa. 🙂

    • São gostos, Filipa. Até gostei da experiência com o Avatar, mas fico-me por aí. A maluqueira é tanta com o 3D que agora andam a fazer filmes pornográficos a 3 dimensões. Para tornar a experiência mais realista. Ainda salta alguma coisa do ecrã. -_-

      3D televisão em casa só para tótós. Não existem conteúdos.

  3. Também não gosto especialmente das tretas em 3D.
    Do Riddley sim, embora o filme de sonho dele tenha sido – opinião minha, claro – o Blade Runner e não o Alien, de que gostei, mas não tanto como do Blade. E claro que também fez pelo meio umas bostas como o G.I.Jane, as desculpa-se com o Thelma & Louise.
    Mas acho que a esse, não me levam para o meio das pipocas 🙂

    • Vic, terias naquele casal do post do “Men In Trees”, acérrimos defensores da cauda Blade Runner. Eu gosto, mas preferido o Alien. São diferentes.
      Acidentes de percurso têm todos. O da Demi foi um deles. 🙂 O Legend (yuuuck) com o Tom Cruise foi outro. 🙂

  4. Eu adormeci orgulhosamente em todos os Alien, crucifica-me, vá, e como tal não vou de certeza pagar para dormir em mais um. É que a não ser que o façam também em cinema perceptível, tipo “Admirável mundo novo”, adormeço outra vez.

  5. Eu não acho piada aos filmes em 3D, para já irrita-me estar a ver um filme de óculos quando não os uso, e depois sem ser os de desenhos animados e um ou outro de gente real, aquilo não é assim tão espetacular!

    Quanto aos Aliens, vi-os em pequena e tive pesadelos com eles durante uns anos bons por isso tenho um trauma e não lhe acho piadão nenhum 🙂

  6. Filmes em 3D, bastou-me o Avatar e stop, não gosto, e o Alien também não me cativa muito e em 3D esquece.
    Mas o monstro da Lagoa vi, lembro-me perfeitamente daqueles óculos com as lentes tipo em papel celofane 🙂

    • Tanto se falou na altura desse filme. 🙂 E era um filme de 1954 adaptado a 3D…Outros tempos, e outros óculos, seguramente. 🙂

  7. Mais uma que não é fã do 3D. Quando era “piquena” vi os 2 primeiros Alien, o segundo sobretudo pelo Michael Biehn (pancadas de pré-adolescente) mas depois já não tive paciência para os seguintes….

    • Eu também gostava da personagem do Michael Biehn, não pelos mesmos motivos que tu, seguramente. 🙂
      Mataram-no logo no início do 3º filme. 🙁
      Também gostei dele no “The Abyss”.

  8. Confesso que nunca me dei ao trabalho de ver um Alien até ao fim. Conseguia sempre encontrar algo mais interessante para fazer, o filme ainda não ia a meio (nunca fui ao cinema ver tal coisa, claro está).
    Quanto ao 3D, junto-me ao clube. Não acho grande piada. O único filme que fui ver em 3D e até achei que valeu a pena foi o SAW – O capítulo final.

    • Eishhh, the ultimate gore. Aposto que quase sentias o sangue a escorrer-te pelas mãos. 🙂
      Mas estás assim mais ou menos ao nível da Alexandra ali em cima, uma adormecia, a outra encontrava sempre algo mais interessante para fazer. Nem sei que vos faça. 🙂

  9. É pá, o sangue tinha mais tendência a jorrar em direcção à minha cara, um espectáculo. Os gajos tinham uma pontaria impressionante 😉

    Quanto ao Alien, não nos faças nada. Nem todos podemos gostar do mesmo. Não somos más moças por causa disso, acredita :p

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.