Os efebos e a confusão que me fazem

Ainda aceito que na Grécia antiga as coisas coexistissem sem grande alarido. Jovens imberbes e sem penugem, satisfaziam os gostos sexuais dos homens Gregos. Os Romanos também lá iam sem disso fazerem grande segredo. Trocavam-se jovens escravos depenados como quem troca o cromo que falta na caderneta da Panini.

Os jovens, os homens, toda a malta da mangueira em geral que se depila: chateiam-me. Viva a diferença, malta, mas não se depilem. Por favor.

Os opostos atraem-se, os extremos tocam-se. Certo. Os gajos perderam a vergonha de se arranjarem e muito bem. Se antes um bigode bem aparado e um cabelo cortado à escovinha eram sinónimos de decência e andar bem arranjado, nos dias que correm, isso parece não ser suficiente.

Abro aqui um parêntesis. Não atiro pedras aos telhados de toda esta questão. Uso uma barba aparada à la Homem lixa. Se me apetece parecer naquela semana um lenhador das florestas Canadenses, pareço. Se na seguinte quiser parecer mais lavadinho, apara-se. Mas barba de 3 dias é que é. O suficiente para parecer um figurante do Prison Break, insuficiente para passar no casting sobre a vida de Rasputin na corte do Czar.

No passado era vitima de toda esta questão. Usava cabelo até ao cu com um constante aroma a lavanda na farta trunfa (que lhes parecia agradar), e pouco mais. Os anos foram passando e o cabelo, ainda que sempre hidratado nas pontas com serum da L’Oréal, e brilhante, era estigma e continuava a ser olhado de lado pelos outros gajos. Eu, que já era tão metrossexual como eles.

Veio então a fase short hair. Custou. Já não preciso de serum, mas não dispenso um Go Clean Daily Care da Redken ou um esfoliante facial de vez em quando. Uso um gel anti-rugas para contorno dos olhos. Porque não me custa nada.

Mas…depilar? We nee to draw a line here, people!! 

Para quê? Com que propósito, se os Romanos agora só assobiam italianas jeitosas e os Gregos estão tão fodidos que nem pensam em jovens depilados. Não consigo perceber. Que um gajo com um falo pequeno queira depilar a zona para convencer a parceira que aqueles 14 centímetros são na verdade 18, até se compreende. Mais do que isso não.

Aos efebos que possam ter ficados ofendidos. Caguei. Isto veio apenas a propósito de um artigo que li sobre este menino.

 

45 thoughts on “Os efebos e a confusão que me fazem

  1. barba de três dias – melhor coisinha que pára nas fuças dum gajo

    usar creminho e exfoliante só faz bem, que vocês tb têm pele e mais sujeita a agressões.

    depilação… bem, peito sem pêlo confesso que gosto. sobretudo aqueles peitorais bem definidos que dão vontade de trincar. agora quando olhas para… o caminho para a felicidade e ele não existe… e depois vens a descobrir que dali para baixo o tipo tem menos pêlo que tu (aka 0)…………….. turn off!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  2. Ao ler a notícia, a minha expressão foi, “mas o que é isto?”, está tudo louco, e ainda por cima dizem que está a fazer furor, pela sua ambiguidade, eu acho que chamaria outro nome, mas isso sou só eu.

  3. Mas é mesmo um gajo?
    Com essa do lenhador canadense é que me fizeste logo lembrar dos Monty Python:
    I’m a lumberjack, and I’m okay.
    I sleep all night and I work all day
    I cut down trees. I wear high heels,
    Suspendies, and a bra.
    I wish I’d been a girlie,
    Just like my dear Papa

    Se calhar com esse tipo passa-se o mesmo 🙂

  4. “convencer a parceira que aqueles 14 centímetros são na verdade 18”
    Ah, ah! Isso é mais psicológico que outra coisa…
    (acho impressionante que, num mesmo texto, se encontre a L’Oreal, o Rasputine e o Prison Break. Respect.)

    E vivam os Tony Ramos deste mundo!

    • Miss Kinky, é mesmo isso. 🙂

      Misturar demasiado as coisas não pode dar grande resultado.

      Ps- Eu tento ir ao teu blog, mas a minha entidade empregadora usa opnet nos acessos e bloqueia, acha que com a keyword kinky, o teu blog será na verdade um site sadomaso. 🙂 É verdade?

  5. Segui o link e… WTF?!?!?! Aquilo não é um homem pá…

    (belo pedaço de prosa, já agora, não só este post, mas o blog, que tenho muito gosto em ir seguindo)

    • Apple, antes de mais bem-vinda. E obrigado. 🙂

      Já não é uma questão de androginia. É mais do que isso. Foi também um subterfúgio para espicaçar os gajos a comentarem, mas nenhum depilado se acusou. 🙂

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.