Por onde andas tu, Troll?

A almoçar no Fenícios, ali juntinho ao Conde Redondo. Comida libanesa do melhor. Sou um sucker por estes sabores desde que vim aqui. Ainda não conhecia e arrastaram-me hoje para lá. Tão genuíno, tão genuíno, que o Sr. El Dib, o proprietário, precisa de um tradutor google só para ele. Não foi para fazer pirraça à Troika que sou moço poupado, mas o espaço consegue juntar três dos adjectivos que mais gostamos de ouvir quando se fala em restaurantes: confortável, comida deliciosa, e acessível.

 

10 thoughts on “Por onde andas tu, Troll?

  1. Libaneses, tailandeses, nepaleses, chineses, vietnamitas, cabo-verdianos, japoneses…
    Parecem lojas dos 300 agora. Pessoalmente agradeço porque adoro comer. 🙂
    E ou muito me engano, ou os restaurantes/tascos, tugas mudam as batatas fritas com arroz nos acompanhamentos, ou a malta muda de vez.

    • Filipa, confesso que costumo comer em alguns desses restaurantes portugueses, e tirando algumas saudáveis excepções, misturar os hidratos foi uma moda parva que pegou.

      Salvam-se estes restaurantes como boas alternativas. O nepalês aqui ao pé então…upa, upa. 🙂

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.