Write more = F-u-c-k less

A haver algum pingo de verdade neste “estudo”, esqueçam pois, mulheres da blogosfera, o blogger macho que diariamente escreve maravilhas que vos fazem arfar de contentamento e enrubescer de satisfação, e que esperam ou sonham ser exímio na arte de fazer o amor. Diz ainda que quanto mais populares, menos coiso. Errrrr…se falo do assunto, é porque não me incluo na categoria supracitada, claro está.

Serve também o post versão quickie, para dar a conhecer um blog hipster por excelência. Com óculinhos de massa e tudo. -_-

Como nota de rodapé fica a indicação de que a ausência de imagem neste post se deve ao asco que escrever m-a-l-e b-l-o-g no google imagens me deu. Gajos, not for the faint hearted. Escrevo aquilo com hifen porque é tão mau que o meu acesso internet da empresa bloqueia o blogue ao tentar publicar.

20 thoughts on “Write more = F-u-c-k less

  1. “A haver algum pingo de verdade”, pois. De qualquer forma, e com muito sacrifício pessoal meu, não me importava de testar esta teoria com algumas autoras da nossa blogoesfera. Tudo em nome da ciência, claro.

    Eu depois postarei os resultados… Num texto curto.

  2. Não ficava tão desiludida, desapontada, desfeita e outras coisas começadas por “des” (mas que, de momento, não me lembro) desde que me avisaram que o papai noeu não existe… Não sei se algum dia me recomponho :p

  3. a mim nao me surpreende nada

    ps:tbem googlei, male blog e isso sim surpreende, não percebi a relação entre as imagens e as palavras, é algum codigo na gaysfera?

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.