This is Zithromax

De repente tenho 81 anos. Doem-me as articulações e só me apetece ficar na caminha. Se Alzheimer se assemelha a isto, matem-me já. Ainda consigo agarrar na pila e lembrar-me de como se faz xixi sozinho, mas pouco mais. Tenho dificuldade em concentrar-me e custa lembrar-me das palavras. (Se o post estiver terrivelmente merdoso, please play along que estou zonzo). Seria escusado discutir agora com um morcão sobre  campeonatos passados porque ia perder a discussão. Eu que sou um às nisso.

O zithromax fodeu-me todo. Sinto-me o saco de boxe da bluesy depois de um treino. No meu estômago as borboletas estão dopadas e atiram-se suicidas contra a parede estomacal. Nem o meu amado chá preto com mel e casca de limão me vale. A minha cabeça está mais vazia que uma garrafa de cachaça 51, ao Sábado, num restaurante brasileiro.

Como sou um tipo com imensa sorte, grande parte dos efeitos secundários que consegui enxergar na posologia estão cá todos. Aparentemente um em cada cem infelizes leva com isto. Se isto não é karma, não sei o que seja. A ver:

Dores de cabeça,

Falta de apetite

Dor nas articulações

Dores no estômago

Zumbidos nos ouvidos

Este maravilhoso mundo novo dos antibióticos é o máximo, não é? Não digo que seja a banha de cobra que se vendia nas feiras ambulantes de séculos passados, é um facto que a garganta já não me dói, mas depois estes gajos deixaram-me num estado que me sinto como o Castelo Branco teria sentido, se ao invés de um gajo passivo e uma gaja feia e estática, tivesse tido naquele video por companhia, 5 negões bem dotados e com dotes de artista de circo. (Sim, vi finalmente um bocado do video).

Se todos os futuros antibióticos que irei tomar me fizerem isto, faço já como os meus parentes lá no inicio da cadeia evolutiva, e vou para o fundo da gruta, moribundo, morrer em paz. E não venham para cá fazer desenhos parvos de animais fofinhos para a posteridade.

 

 

35 thoughts on “This is Zithromax

  1. Eu também ando a combater uma há uma semana e meia.

    No mesmo dia, perdi um autocarro e apanhei uma gripe. Deve ser a maneira que a natureza encontra de equilibrar as coisas… 😐

  2. Grande virose, mas é. A sério, contaram-me que anda aí uma com esses sintomas, já viste a sorte? Não são efeitos secundários, não estás a morrer da cura mas da doença.
    (as melhoras!)

    • Não mata mas moí, Izzie. 🙂
      Ontem estava bem pior.
      Hoje já não me sinto tanto Louis Armstrong de cada vez que abro a boca para falar. 🙂

  3. Oh! homem, então mas tu nunca mais te endireitas? (esta não soa muito bem, mas não é escrita com 2ªs intenções. hein?)
    Pelos vistos, é pior a cura que a doença.
    De qualquer forma, não perdeste a veia 🙂 . As melhoras

    • Acho mesmo estúpido estar a tomar um medicamento que te cura algo, e de magoa, faz doer noutro lado qualquer.

      Mas nunca me tinha acontecido assim tão forte.

      Já está tudo a endireitar outra vez, V. 🙂
      Obrigado.

  4. há uns anos atrás também iniciei um tratamento com Topamax…para além dos efeitos secundários serem mais que muitos (e de eu os ter sentido quase todos) acabava assim:

    Um pequeno número de pessoas que iniciaram tratamento com o Topamax, teve pensamentos de auto-agressão e suicídio. Se a qualquer momento tiver estes pensamentos deve consultar imediatamente o seu médico.

    ainda estou viva…mas parei logo de tomar.

    • Miss Kinky, tenho imensa pena de nunca te conseguir responder no teu blog. Já o tenho no reader, mas só consigo ler. Se abro o blog aqui no trabalho, o openet bloqueia. Deve pensar que tens aí uma sex-shop disfarçada. 🙂

      Esse Topamax vende-se sem receita médica? Não me importava de distribuir tipo rebuçado aqui pelo trabalho. Só na parte da auto-agressão. 🙂

      • só se vende com receita médica…mas tenho lá meia caixa…posso dispensar (tenho que ver se está dentro da validade…ou não :))

        eu percebo o openet…achas que se eu mudar o nome para unconventional.blogspot.com ele já te deixa comentar?

  5. acautela-te, que isso também tira o efeito à pílula. não vás ficar grávido por te sentares em qualquer lado que ainda está quente – diz-me o meu conhecimento das perguntas do leitor na revista Maria, Ana ou Ana + Atrevida

    😛
    as melhoras, pah

  6. As melhoras!

    Há quase duas semanas também fui atacada pelas microbichezas, coisa que me valeu uma semana de cama e drogas várias (o meu antibiótico foi outro). Cá p’ra mim isto é do tempo, ando obcecada com a ausência de pluviosidade (como dizem os gajos da meteo), tinha de lançar aqui o tema 😉

    • Jibóia, o pior nem é isso.

      Eu sou, vá, ligeiramente hipocondríaco. Ver-me assim com tantos sintomas, mandou-me de tal forma ao charco, que sinto que isso se vai reflectir nos posts.

      Se começar a ficar demasiado melancólico ou a falar de coisinhas fofinhas, abatam-me. Eu agradeço.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.