You were the last high

Não foste. És. E todos os dias ando agarrado mas não desespero. E em nós creio. Consumo-te e consomes-me. My own personal Casal Ventoso mas sem os gajos com aspecto hediondo e as putas com ar de que um camião TIR lhes passou por cima. És branca da boa, daquela colombiana que só a malta de bem consome.

Um dia quis ser Dandy. True story but way too long. Não googlei porque o google ainda não era muito conhecido mas fui ao altavista procurar a palavra dandy e descobri os Dandy Warhols. E gostei. Desta faixa em particular. Descobri depois que os dandies são considerados os hipsters originais. Aí já não gostei tanto.

22 thoughts on “You were the last high

  1. Também gosto dos Dandy Warhols, mas conheço mal a discografia. Esta música é muito fixe.

    Ter alguém que consideramos uma droga, é um pau de dois bicos. 🙂

  2. Comigo foi ao contrário, primeiro tomei contacto com os princípios do dandismo (foi tema de trabalho de Cultura Francesa), depois com os Dandy Warhols. Conheço-lhes aí uma meia-dúzia ou dezena de temas e, hipsters ou não, rulam e tenho saudadinhas deles.

    • Rachelet, saiu um álbum novo no mês passado. Confesso que me passou ao lado, como o de muitas outras bandas. 🙂

      Não parece a mesma coisa. Deve ser uma questão de entranhar. Ou não.

    • Fiona, Elas em Lisboa andam aos magotes. Do Porto para baixo acham que são todas mouras e mouros. E se por costa te referes a Margem Sul, então aí sim, tens razão. Andam por cá. 🙂

  3. Temos lance na trollandia ???
    O Troll está agarrado e com dinheiro, anda a consumir altas rodadas e em vez de ir buscar o material ao casal ventoso, porque quem sabe, sabe…vai buscar directamente ás festas privadas de cascais daquelas em que as pessoas se esquecem da roupa á entrada. Porque um homem do norte nao consome um produto qualquer. Tem que ser um produto que agarra sem deixar vestigios, vicia mas deixa trabalhar, dá adrenalina sem que ninguem perceba.
    Alem disso a vida real tem que acompanhar a banda sonora espetacular deste blog ou será o contrario?

    ps: não entres agora numa onda de blog cor de rosa apaixonado, por favor , o amor é lindo mas o teu blog é mais.

    • freeculture, temos que falar acerca dessas festas de Cascais. Estou por fora mas fiquei interessado. Roupa fica à porta dizes tu? 🙂

      O amor não tem nada de lindo. O MEC é que tem razão.

  4. Ficaram conhecidos pela música da Vodafone, Bohemian Like You.
    E posso avançar que, depois do plágio da tmn ao Simão Escuta, a Vodafone teve talvez a maior campanha de sempre (com essa música) por minha causa.

    Algum tempo antes, talvez 6/12 meses, comecei a dizer aos amigos: epá…tens que ouvir isto, é brutal, diferente! E claro, ninguém ligou nenhuma. Algum deles falou com a Vodafone, é óbvio.

    Passado algum tempo, era ouvir Portugal a cantar a música a toda hora, na televisão, na rádio…até nas discotecas!

    E eu? Nem um centavo vi.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.